domingo, 29 de novembro de 2009

recebi por email e como gosto imenso de animais não posso deixar de mencionar aqui este episódio que muito nos ensina:

depois de perder os pais, este orangotango de três anos de idade estava tão deprimido que se recusava a comer e não respondia muito bem aos tratamentos e remédios. Os veterinários achavam que ele ia sucumbir. O velho cão foi encontrado perdido nos arredores do zoológico, e quando foi levado para dentro da sala de tratamento encontrou o orangotango, os dois tornaram-se amigos inseparáveis desde então.

O orangotango encontrou uma nova razão para viver e esforça-se para que o seu novo amigo o acompanhe nas suas actividades.
Eles vivem no norte da California e a natação é o desporto favorito de ambos, embora Roscoe (o orangotango) ainda tenha um pouco de medo da água e precise da ajuda do amigo para atravessar a nado.

Eles passam o tempo todo juntos e podemos observar como serão felizes.
Lições do mundo animal!

2 comentários:

Luísa disse...

Não tenho certezas de nada, Flip, salvo, talvez, da inteligência emocional dos animais (ou, pelo menos, de certos animais). :-)

Flip disse...

Luísa,
emoção que nos arrebata e surpreende não é?
:-)