quarta-feira, 18 de novembro de 2009

porque escrevo pergunto-me, nem sei o que responder, posso dizer tantas razões como razão alguma que seja válida à luz ou na perspectiva de quem lê, apenas porque me apetece é o que mais facilmente me ocorre, para passar o tempo, para colocar no papel o produto do que penso, ou simples baboseiras, dizem que é importante escrever, e eu acredito que sim mas, no meu caso, estamos a abordar o meu caso, diz-me cá de dentro a razão, é uma forma de desbravar caminhos da alma, estão a ver, isto é pano que dá para mangas, pode quase fazer-se um tratado sobre esta matéria, ou nem por isso, escrevo porque gosto, porque adoro ouvir o teclado, sei lá, porque às vezes o tempo lá fora está bera e então vou por aqui discorrendo o que me dá na gana, talvez seja, conforme o dia, claro, há dias que nem pensar, qual escrever qual quê, isso é que era bom, e acaba-se já o assunto, eis a minha veia de mal disposto a vir à superfície, já quer estragar tudo, o tempo é o culpado, dias de chuva, trânsito infernal, não se pode pedir muito, contingências da vida, é isso mesmo, afinal, por vezes escrevo para desabafar, simplesmente, e faz bem, aliás, faço bem, ou melhor, faz-me bem, isso, é isto. Há quem escreva muito mais do que eu, algumas pessoas chegam a escrever livros inteiros, têm tempo, ou têm algo para dizer, ou pensam demais e querem deitar tudo cá para fora, e fazem muito bem, poderão até ter começado sem esse propósito e quando foram a ver, pimba, livro acabado, estão a ver? Eu acho que já estou a escrever demais, ainda bem que este teclado está a emperrar, há te cla s que j á c ome ça m a f alh ar, a i q ue , chat ice!

10 comentários:

Luísa disse...

My feelings exactly, Flip. Com a particularidade de que as minhas teclas emperram mesmo. Estes teclados sem fios ainda não estão muito apurados. :-)

Flip disse...

Luísa,
;-) teclados que não nos compreendem :-)

Gi disse...

Tu sabes lá o trabalho que me dá escrever no meu teclado ... :)

Flip disse...

Gi,
temos que fundar o movimento dos não alinhados do teclado :-)))

Dulce Braga disse...

Escrever é gostosura, sonho bom, melodia...é alivio...que falta que isso me está fazendo nos ultimos 30 dias...:))

Flip disse...

Dulce,
nem que seja um 'post it', um pequeno recado, um pensamento fortuito, escreve
:-)

Lala disse...

ups! tropecei e vim aqui parar! mas então?!?!?! ah... este também é um blog que gosta de juntar letrinhas só porque sim... ah bom! muito mais descansada!
já agora, olá e desculpa a invasão... isto dos blogs... nunca sabemos onde vamos parar! mas gostei deste post em particular. tenho um parecido, entitulado "vou só escrever".

gostei da forma como juntas as tuas letras.

Flip disse...

lala,
:-)obg pela tua visita, volta sempre, e prometo ir visitar-te também :-)

Lala disse...

ahahahaha! já foste provar da minha sopa de letras!! Espero que tenhas gostado e, sim, reparei que os dedos já te escorregavam pelo desgraçado do "teclas"! Até eu já estava a gostar de ler, quando fui interrompida pela tua tomada de consciência!
Obrigada pela visita!! ;)

Flip disse...

lala,
:-) prazer é todo meu, I'll be back :-)